mini

Livro| Ela Primeiro - Afonso Noite-Luar



Nome: Ela Primeiro | Autor: Afonso Noite-Luar | Editora: Manuscrito | Páginas: 321| 
Podem comprar o livro aqui.


Sinopse:

O primeiro livro de uma série surpreendente que vai deixar-te sem fôlego. «Vais apaixonar-te por mim dentro de um mês». Inês não precisou de tanto tempo para se perder no labirinto sedutor de Afonso e, aquilo que começou por ser um encontro casual no parque, rapidamente se tornou num complexo jogo de sedução e sexo. Com viagem marcada para o Brasil, Afonso tinha duas missões para cumprir antes da sua partida. A primeira era ensinar aos seus alunos os mandamentos da conquista, para que se tornassem Afonsos (homens desenhados à sua imagem na arte do prazer). A segunda era libertar Inês das amarras de um passado amargurado, abrindo-lhe as portas para um mundo novo, intenso, sem limites, onde o que importa são os desejos mais profundos, as fantasias sexuais silenciadas, e onde o prazer e o erotismo são as palavras-chave.
Uma narrativa empolgante recheada de sexo, intriga e mistério que nos mostra que nem tudo o que parece é e que nem sempre dominamos o que somos e sentimos. Afonso esconde um passado sombrio e está marcado a ferro e fogo por uma luta interior entre a luz e a escuridão, da qual só o amor o poderá salvar. Depois do sucesso "Nada Menos Que Tudo", Afonso Noite-Luar faz-te um convite irrecusável para entrares no universo obscuro e tentador de Afonso, conheceres os seus truques e os seus desejos, os seus medos e as suas regras. Sendo que a regra mais importante é que o prazer da mulher vem sempre em primeiro.

Opinião:

Depois de ler o primeiro livro do autor, o Nada menos que Tudo, tinha alguma curiosidade para ler este novo livro, desta vez não se tratando de um livro de crónicas e sim de um romance (género que prefiro). Assim que comecei a ler o livro fiquei logo irritada porque a ideia de "ensinar homens a tornarem-se Afonsos" foi demasiado presunçosa e irritante. De verdade. Daquelas coisas que parece que saem tanto da realidade que chateia, numa presunção de um tamanho, que se fosse real, acabava com o charme de qualquer Afonso. Mas, tirando esse pormenor que contribuí muito pouco para história (tenho certeza de que poderiam seguir a história sem essa parte sem sentido), a história desenrola-se muito bem e torna-se viciante. É uma leitura fácil e envolvente, algumas partes são demasiado descritivas de uma forma confusa em que é necessário quase desenhar para tentar entender o que se está a passar. É fácil de ler, toca nos locais certos, tem uma dose de mistério e suspense que o tornam bastante interessante.
No entanto, é também um livro cheio de clichés, nada de extraordinariamente inovador, a escrita é simples e, para quem gosta de histórias do género, tem momentos muito previsíveis. Garanhão que afinal tem fraquezas? Bom, como se ninguém tivesse pensado nisso antes... Mas isso não é necessariamente um defeito, todos gostamos de filmes de domingo à tarde, em que a história é super previsível. É interessante, envolvente, gostei da leitura. As falas são muito reais, muito coisas que poderiam ser ditas no dia a dia, embora vários acontecimentos fujam um pouco da realidade. 

Em suma, gostei muito. Está dentro do mesmo género do anterior e claro que faz lembrar o meu eterno Gideo Cross e, até mesmo, o Christian Grey. Então, para quem gosta do género, é uma boa escolha literária. 

3 comentários :

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...