mini

A minha viagem a Malta - O primeiro dia| Descobrir a capital


Quem me segue no Instagram sabe que eu fui a Malta no mês passado. Conheci a ilha de Malta e de Gozo em quatro dias bastante cheios e atribulados, onde queríamos ver, absolutamente tudo do país. E claro, agora conto-vos tudo.




 Cheguei a Malta no domingo à noite, depois de duas horas de avião com partida de Lisboa. Não sabia muito sobre Malta, nunca tinha sequer pensado em visitar a ilha até ao momento em que surgiu o convite, então fui completamente à descoberta. Enquanto fazia a viagem até ao hotel, o motorista falava com um amigo numa língua que eu desconhecia, o maltês. Soava a árabe e era completamente imperceptível. Quando saí do carro - que tinha o ar condicionado no 15 - e pisei a rua em frente ao hotel, senti-me em Havana. Não que eu algum dia tenha ido a Cuba, nem à do Alentejo, mas acho que seria assim, nos filmes é sempre assim. Estava calor, mas muito calor, mesmo de noite. E sabia que o dia seguinte ia ser uma aventura única e me iria surpreender. E assim foi. Passei o dia em Valletta, a capital, vi monumentos lindos, a catedral mais linda de que há memória e descobri que os malteses têm ídolos portugueses que não são os jogadores de futebol. Vários nomes portugueses em monumentos malteses fizeram com que, imediatamente, me sentisse em casa.

 Podem ler tudo sobre isso aqui, num artigo dedicado a Valletta. Andei de barco, o que não me agrada nem um pouco, mas que foi demasiado bonito para me preocupar, visitei Birgu numa espécie de carrinhos de golf, com audio-guia e foi memorável. Esteve sempre quente, mas não chegou a incomodar, porque era tudo demasiado bonito para me concentrar no calor. Podem ver as fotos da cidade aqui.

Valletta é linda, construída dentro de muralhas, cheia de monumentos e, por várias vezes, me fez lembrar Braga. Mas Braga com um toque árabe, com um cheiro a especiarias no ar, numa mistura que não é nem europeia nem árabe. É um pouco de tudo, com pessoas amáveis e abertas, que gostam de falar, que são conservadoras mas que apoiam todas as formas de amor, que gostam de se divertir, mas sem excessos, que gostam de boa comida e nos recebem de braços abertos. Este foi o meu primeiro dia em Malta, mas estava apenas a começar... Ainda me iria apaixonar pela ilha, mas não sabia disso ainda.



5 comentários :

  1. Love so much these photos and your White dress. You look stunning!
    xx

    http://www.mybeautrip.com

    ResponderEliminar
  2. Olhares radioso e belos e gosto da partilha 👌

    ResponderEliminar
  3. Não me importava de dar umas voltinhas por aí!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. As fotos são lindas.
    Nunca fui a Malta. Mas vê-se como deve ser um sítio paradisíaco
    Adorei o teu vestido
    Obrigada por partilhares connosco
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Que fotografias maravilhosas!
    Por acaso é um destino que nunca fez click, mas parece maravilhoso!

    ResponderEliminar

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...