Livros| Oscares Literários 2018| O melhor que li em 2017


Em 2017 li mais de 100 livros, descobri autores novos e reencontrei-me com antigos. Não consegui contar tudo aqui no blog, mas apresentei alguns dos livros que li e pretendo continuar a falar sobre os livros que vou devorando. Hoje decidi escolher o melhor do que li em 2017. Assim, não se tratam dos melhores livros ou autores de 2017 (alguns livros nem serão de 2017), mas sim do que eu li nesse ano. Coloquei algumas categorias e elegi os vencedores, na minha opinião apenas, e segundo aquilo que eu li, claro. Ainda assim, espero que gostem.




Descobri Sylvia Day no inicio de 2017 e foi a melhor descoberta da vida. Li todos os livros que encontrei dela, desde os romances eróticos, históricos e fantasia. Adoro a escrita dela e muito raramente desilude. Li mais de 20 livros dela, (só Crossfire são 5 então...) e tinha de a eleger como autora do ano. 
Foi a primeira serie de Sylvia Day que eu li e fiquei totalmente apaixonada pela história de Gideon e Eva. Foram 5 livros numa semana, porque a história é a mais envolvente de sempre. É daquelas histórias que quando acabam ficamos com saudades das personagens, sabem? Estou a pensar reler, porque passado quase um ano já morro de saudades. 
Em 2017 li três livros de Raul Minh'alma. Apenas li seis livros de autores portugueses durante o ano inteiro, por isso imaginem. A cada página, a cada livro o coração fica mais quentinho com as palavras. Os três livros são das coisas mais bonitas que podem existir, com palavras doces que dão outro sentido à vida. Para mim era bastante óbvia esta escolha. No que aos autores portugueses diz respeito, Raul Minh'alma foi o melhor que li em 2017.


Vocês escolhem o livro pela capa? Eu sei que não é suposto, mas uma capa bonita é das coisas que mais chamam a atenção, e este Hey, Panda, Vamos Fugir? tem a capa mais bonita de sempre. Só dá vontade de mostrar a toda a gente e tirar montes de fotos com ela. O melhor é que a história é tão fofinha como a capa do livro, o que torna tudo perfeito.
 Em 2017, por mero acaso, acabei por escolher o livro Sou Tua. E foi a melhor coisa que fiz. A história lembrou-me imediatamente os livros de Sylvia Day, e devorei o livro em menos de 24 horas. Fiquei completamente apaixonada pela história e muito feliz que tenha sido escrita por uma autora nacional, a Alexandra Cruz. Nunca, até aquele momento eu tinha ouvido falar da autora e, para mim, foi a melhor surpresa do ano, no que diz respeito a livros. Por ser jovem, por ser portuguesa e por escrever como ninguém e exactamente o tipo de histórias que eu adoro.


Isto foi o melhor do que li em 2017. E vocês? Qual é o vosso livro ou autor favorito? O que estão a ler no momento?

1 comentário :

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...