As pessoas não se suicidam porque querem morrer, elas apenas querem que a dor passe




Hoje é o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. O suicídio é a principal causa de morte em jovens entre os 25 e os 34 anos, e a 15ª causa de morte em todo o mundo. Cerca de 90% desses casos poderiam ser evitados por amigos ou familiares. No entanto, grande parte da população não consegue compreender. Não conseguem entender o sofrimento da pessoa que está mesmo ao seu lado, desvalorizam os seus motivos, acham que está a fazer uma tempestade num copo de água, porque ninguém sente as coisas como o próprio. Ansiedade, depressão, síndrome de pânico entre tantos outros problemas, são diariamente subestimados. "Isso é psicológico" como se por o ser deixasse de doer, deixasse de impedir que sigas com a tua vida normalmente. Os problemas psicológicos ainda são desvalorizados, como se não fossem nada, fosse coisa de fraco. "A pessoa tem uma vida boa e está em depressão? Que exagero", é difícil entender o que vai na cabeça de cada um quando se está de fora, e quando acima de tudo, não se quer entender. Sucedem-se histórias, a menina que mandou mensagem à amiga a dizer que não estava bem, que estava em depressão, e a resposta da amiga foi "deixa de frescura. Muda esse pensamento. Estou cansada dessa conversa". A menina matou-se poucas horas mais tarde. Talvez um pouco de empatia pudesse mudar as coisas. Os problemas dos outros podem parecer muito pequenos para quem os vê de fora, para quem não sente a garganta fechar, o coração bater demasiado rápido, para quem não se sente a tremer cada vez que sai à rua, para quem não sente que é um peso na vida de toda a gente. É fácil dizer "tudo vai correr bem", difícil é fazer a outra pessoa acreditar nisso quando nunca nada correu bem, quando a pessoa se sente a coisa mais inútil de sempre. Quando a pessoa vê o mundo andar e a vida dela ficar exactamente na mesma, no fundo do poço, sem a mínima luz. "Mas tu não pensas na tua família? Que ato egoísta". O suicídio não é algo egoísta, é por pensar na família, nas outras pessoas, por ter a certeza que elas ficarão melhor sem nós. Às vezes precisamos sentir mais empatia, valorizar os sentimentos dos outros, mesmo que não os entendamos. As pessoas não tomam um frasco de medicamentos porque querem morrer, elas simplesmente não aguentam mais sofrer. 

Prestem mais atenção nas pessoas que estão ao vosso lado. Elas podem não estar a "fazer drama", podem estar a viver um drama. Não entenderem os motivos do sofrimento, não faz com que o sofrimento seja menos real. Prestem mais atenção hoje, porque amanhã pode ser tarde.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...