Um dia o mundo saberá quantas vezes te perdeste nas enxurradas de domingo. Quantas vezes a roupa te secou no corpo, quantas vezes a lama que trazias nos cabelos se transformou em terra e o pó foi levado pelo vento. A água gelou-te os ossos vezes sem conta, o veneno espalhou-se pelo teu corpo e corrompeu o teu coração que um dia foi sinónimo de pureza. Proliferou-se  o medo da morte, mas muito mais o medo da vida. A angústia tornou-te fraca, miserável e detestável. Porém sei que tens uma força esquecida dentro de ti, que te fará reerguer e ocupares o lugar de heroína que eu tenho reservado para ti. Sem qualquer tipo de sentimento, apenas os factos relatados, com a frieza que mereces. Que o mundo não entende.

2 comentários :

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...