Sorrisos. Muitos. Montes deles. Sonhos. Desejos. Simples vontades. Imaginei momentos. Senti. Ansiei, durante tanto tempo. Agora tudo parecia próximo. Mas desapareceu. Como sempre. Ainda me pergunto porque motivo achei que ia dar certo. Nunca dá. Lágrimas. Muitas. Montes delas. Como pensei que hoje não seria possível. Só queria entender, porque está o mundo contra mim? Contra nós… Porque querem os outros tramar-nos. Será que somos nós? Que fiz eu desta vez? Só queria abraçar-te, olhar-te nos olhos, aconchegar a cabeça no teu peito e dizer que te amo. Queria viver aquela história que é nossa. Tudo se desfez. Tao fácil não é? Desfazerem castelos de cartas, de areia, da mesma forma que desfazem sonhos, sem saberem o tempo que demorou a construir, ou a tristeza que isso provoca. É como cortar um colar de pérolas, tão simples, tão fácil… Transformam o tudo em nada num ápice, aquele tudo que nos tomou tanto.

4 comentários :

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...