Tenho saudades tuas. Quando estou sozinha, recordo as horas em que estivemos juntos. Pensando que te podia ter abraçado mais, podia sempre. Podia passar todos os segundos a olhar para ti, todos os minutos nos teus braços. Hoje trocava tudo no mundo, por um abraço teu. Aquele que podia ter dado e não dei. Dei tantos, mas podia ter dado sempre mais. Sozinha arrependo-me do segundo que desperdicei. Preciso de ti agora, nem que seja um segundo, preciso de ti para me aconchegar a alma e me aquecer o coração. Queria um bocadinho de ti todos os dias. Um bocadinho, é tudo que peço. Talvez, um pouco da tua voz bastasse, mas os cds onde a gravei estão riscados, e já conheço a música de cor. Ainda assim, ouço-os até dormir, pois são muitas vezes tudo que tenho. Não sei se há uma palavra mágica, não sei se estás á espera que eu faça algo planeado por ti, algo que desbloqueie a função falar. Já tentei um pouco de tudo, um dia também eu vou aprender a desistir do que quero. Por agora, sonho-o baixinho, no silêncio que impuseste na minha noite. Não que seja infeliz, mas…

2 comentários :

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...