E mantêm-se a princesa trancada na masmorra, junto ao gira-discos empoeirado, onde ouve os discos de vinil riscados, onde outrora gravara a voz do seu amor. E olha pela janela gradeada tentando vê-lo aparecer por entre as árvores. Mas ele não vem, e ela espera. Enquanto espera desespera. Mas espera, e cada segundo que passa, esta mais perto o momento do encontro. E passam os dias, uns com mais outros com menos noite.

11 comentários :

  1. oh , obrigada :D
    tens aqui textos muito fofos :b

    ResponderEliminar
  2. não vou tirar a verificação das palavras por seres cruel :c

    ResponderEliminar
  3. está sempre a mudar de nome porque nenhum me agrada. agora fica este.
    tu estás no lado certo, bem lá no fundinho :b

    pensas que eu vou na tua conversa ? já percebi que me queres pedir alguma coisa xp

    ResponderEliminar
  4. não pedi sugestões :b
    vais continuar lá no fundo, então. é só por estares sempre a ser uma estúpida e irritante e... nem arranjo mais palavras para te descrever :c

    casar não está nos meus planos, muito menos contigo. não chores, anjinho papudo (somos gémeas).

    ResponderEliminar
  5. esse argumento estúpido de sermos gémeas vai perseguir-me para o resto da vida -.-

    ResponderEliminar
  6. espero que te esqueças disso rapidamente.

    ResponderEliminar
  7. no meu lugar também te enganavas xD

    ResponderEliminar

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...