Sim, estamos distantes, e que interessa?

Amanhã, estaremos juntos, eu esperarei por ti, irrequieta, com borboletas na barriga. Olhando para o relógio de cinco em cinco segundos. Depois verei o comboio aproximar-se, lentamente, muito lentamente… tento adivinhar a porta por onde sairás. Assim pouparia a viagem de me chegar até ti. Sabes, correr para junto de ti é um doce corrida que parece nunca ter fim. Quando chego á meta (tu) recebo o meu premio. Sim, aquele teu abraço pelo qual esperei a semana toda, com o qual sonhei todas as noites, aquele abraço que eu não queria que acabasse mais. Bem, na verdade ele acaba, pois quero imenso ver os teus olhos verdes, o teu sorriso sincero, quero poder beijar-te. Sabes, és lindo, és tudo que eu sempre quis e que julguei nem existir. És a luz dos meus olhos, és a minha vida, e eu amo-te, sabes? És o meu sonho, és a minha realidade, és a minha utopia, és o meu vício. Então, damos as mãos, e caminhamos lado a lado, olhando na mesma direcção, e seguimos para mais um dia, um dia simplesmente perfeito.

7 comentários :

  1. vi-te por aí. encontrei-te por acaso.
    o que interessa a distância ? supera-se :)

    eu gosto de ti, gosto mesmoooo!

    ResponderEliminar
  2. obrigada querida. o teu está magnifico, a distância não importa, tudo o resto, se tivermos força e amizade / amor, permanecerá intacto.

    ResponderEliminar
  3. tu chamaste-me pequena ou foi impressão minha ? é preciso ter muuuita lata.
    não és popular. eu é que sou o máximo a descobrir os sítios onde as pessoas param.

    (não) gosto de ti.

    ResponderEliminar
  4. é verdade, acaba por trazer a saudade ancorada. mas a saudade é, também ela, uma coisa boa.

    ResponderEliminar
  5. mais vale deixarmos de estudar.--'

    ResponderEliminar
  6. Acredita!
    Só estamos a queimar tempo. :x

    ResponderEliminar

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...