Luz

empre foste uma luz, aquela luz brilhante que me conduzia para a escuridão. A tua indiferença atraía-me para a obscuridade, mantinha-me presa nas trevas, acorrentada às imagens que não queria ver, aos sentimentos que não queria sentir… E agora cada pequena sombra me assusta, faz-me temer de novo a escuridão, receio voltar e não sair de lá mais… o que sinto por ti é muito forte, mesmo que o ignore durante meses, o tente esquecer durante um ano inteiro e não dê motivos para alguém suspeitar que te amo, considero que nem tu suspeites do que sinto por ti, mesmo que amordace meu coração e apenas dê ouvidos à minha cabeça… Esse sentimento acaba por regressar, com maior intensidade, encurralando-me deixando-me sem poder fugir, sem conseguir deixar-te de fora dos meus pensamentos… Contenho-me todo o dia para te esquecer, o único momento em que posso pensar em ti sem rodeios, sem tentar fugir é quando escrevo estas paginas todos os dias, e imagino que as escrevo para ti, imagino que te escrevo em voz baixa, falamos sempre em voz baixa quando queremos que acreditem em nossas palavras, e tudo que aqui escrevo é a mais pura das verdades, a única certeza que tenho e a única que queria ver negada…

Sem comentários :

Enviar um comentário

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...