Receitas Fit| Pizza Low Carb - Cetogénica| Sem farinhas e baixa em carboidratos|


Numa das minhas muitas tentativas de dieta (que já terminou porque ou eu estou triste ou faço dieta, as duas coisas juntas acabam em suicídio), cortei um pouco os carboidratos e alinhei numa alimentação low carb. Mas isso não me tirou a vontade de comer pizza. Então tive de arranjar uma alternativa. Principalmente para a base, uma vez que não comia nenhum tipo de farinha. Assim surgiu esta pizza com base de courgette

Receita:

Ralei uma courgette, deixei uns 15 minutos e escorri com um pano limpo o máximo possível (a corugette tem muita água). Adicionei um pouco de sal e um ovo, misturei bem e coloquei na forma (tentei fazer a forma redonda de uma pizza) e levei ao forno até secar. Quando começou a  dourar à volta e estava seca, adicionei os ingredientes que queria (queijo, pimento, bacon e cogumelos).

Et Voilà!

Temos uma pizza deliciosa e pobre em hidratos de carbono, perfeita para quem mantém uma alimentação low carb. Garanto que estava deliciosa!

OOTD| Está oficialmente aberta a época das camisolas de malha



Finalmente os dias frios. É hora de tirar as camisolas fofas dos armários, tempo de café à lareira e mantas fofas no sofá. Eu sou fã do verão, mas já estava com saudades de roupas mais aconchegantes e das cores do outono. De malha e em tons de vermelho - que adoro - esta foi a camisola que inaugurou oficialmente a temporada de camisolas de malha, meias fofas, botas acima do joelho, cachecóis e gorros. E sim, esta é a minha forma de inaugurar o outono aqui pelo blog.





Livro| Escola dos Morto - Karine Vidal

Nome: Escola dos Mortos| Autor: Karine Vidal|  Editora: Edidora Skull | Páginas: 674

Há uns meses, fui abordada pela autora do livro Escola dos Mortos no instagram. Ela foi muito simpática e ofereceu-me o livro para eu ler e dar a minha opinião. Demorei um pouco mais do que devia a terminar este livro, por motivos que já explicarei mas, tal como prometido, venho dar a conhecer este livro super interessante e diferente.

O que diz a sinopse?

Lara Valente irá morrer. Mas é agora que sua história começa.
Enviada para um misterioso internato na Inglaterra, Lara será assassinada e enviada para um universo paralelo, o mundo dos mortos. Duas escolas funcionam paralelamente, coexistindo juntas em segredo: uma para os vivos durante o dia, outra para os mortos durante à noite.
A Morte seleccionará apenas os melhores, os mais inteligentes, lindos e ricos para existirem em seu mundo oculto, onde só entra a Elite. Nessa sociedade secreta, Lara descobrirá que os mortos dentro dos caixões nunca dormem.

A minha review:

Quem acompanha as minhas reviews literárias, já deve ter percebido que são muito poucos os livros de fantasia que eu leio. Não é o meu género favorito, mas gosto sempre que há romance à mistura. Este livro não me fez apaixonar à primeira, confesso. O inicio é um pouco vazio. Demora demasiado até acontecer algo me me prenda. Eu sou ansiosa, e achei que deveria ter sido mais rápido até acontecer algo. É lento demais para mim, no entanto, depois de me envolver na história de Lara torna-se viciante. Tem um pouco de Crepúsculo nesta história, revi muito de Bella e Edward em Lara e Luka, sem dúvida alguma (só que Lara é muito mais divertida e menos sonsa). E para mim, a história deveria ter sido mais corrida até ao momento em que Lara vê Luka pela primeira vez, sinto que a primeira parte (antes de Lara morrer) foi demasiado longa e pouco significativa para a história. Após começar uma história semelhante à de Crepúsculo, tornou-se mais interessante e envolvente. Além de um pouco de Crepúsculo,  há também uns capítulos muito envolventes que fazem lembrar Hunger Games, que eu adorei.


"Eu precisei morrer para encontrar meu lugar no mundo. E que me perdoem aqueles que estão vivos, mas aqui, nesse mundo dos mortos, eu conseguia encontrar vida em cada esquina. Isso a Morte não conseguiu nos roubar - éramos humanos."

A história é boa, mas longa. São mais de 600 páginas. Sem dúvida que este livro ficaria muito melhor se dividido em dois e encurtando a primeira parte. Seria interessante um livro dedicado à primeira parte do romance de Lara e Luka, e um segundo dedicado à parte dos jogos, que achei super envolvente e poderia ter ocupado mais espaço.
Há alguns problemas de concordância de lugares, a Escola é em Londres, mas de repente Lara diz que é em País de Gales. Em alguns momentos é como se estivesse nos Estados Unidos. As personagens são muito interessantes com as diversas nacionalidades, mas caíram no "erro" de estereotipar bastante as nacionalidades. Embora Lara diga que por ser brasileira não precisa saber sambar, o mesmo não acontece com as outras personagens, que reflectem os estereótipos associados ás nacionalidades. A jovem árabe é tradicional e os portugueses são burros (para quem não sabe, as piadas dos brasileiros sobre portugueses são como as nossas sobre loiras). Usar diversas nacionalidades e juntar num grupo de amigos foi uma ideia óptima, mas ainda assim, estavam bastante estereotipadas, a meu ver.
"Quando você estava vivo e prendia a respiração por trinta segundos debaixo da água, ainda eram seres humanos. Quando espirravam e seu coração deixava de bater por um milésimo de segundo, ainda eram considerados homens e mulheres. Ainda amavam, ainda tinham direitos, liberdade e livre-arbítrio. Só porque não respiram agora, não deixam de ser considerados humanos. Acreditem, a vida não é feita de milhares de corações batendo. A vida é mais do que isso. A vida é o imaterial, é criar laços. Se há ligações de amor genuínas aqui, entre nós, então estamos vivos."
De qualquer das formas, de modo geral gostei deste livro, tornou-se envolvente e divertido. Não muito pesado, com alguns momentos surpreendentes e cheios de mistério e reencontros. Cheio de amizade e lealdade, independentemente da situação, de actos de coragem e altruísmo, de amor verdadeiro e amizades sinceras. Com muitas revelações que o tornam muito interessante. A história de amor de Lara e Luka é muito leve mas intensa, ele é o ponto forte mas Lara não é mais fraca por isso. Ela é muito dona de si, mesmo quando inebriada pelo encantador Luka. Se gostaram de Crepúsculo e Hunger Games, vão adorar este livro que tem um pouco dos dois. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...